Está em: Home
25
SHORT_04
2009

Plataforma FINICIA da Beira Interior

PROGRAMA FINICIA – PLATAFORMA FINICIA DA BEIRA INTERIOR

Reagindo à evidência da escassez de investimento de capital de risco em empresas de pequena dimensão e na sua fase inicial de desenvolvimento, o Programa Finicia surge como um novo instrumento de acesso a financiamento por parte destas empresas.



A Plataforma Finicia da Beira Interior, protocolada entre a PME Capital – Sociedade Portuguesa de Capital de Risco, SA, o IAPMEI – Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e ao Investimento, o Parkurbis, Parque de Ciência e Tecnologia da Covilhã, SA, a Universidade da Beira Interior, o Instituto Politécnico da Guarda, o Instituto Politécnico de Castelo Branco e o CEC – Câmara de Comércio e Industria do Centro, tem como objectivo o fomento o empreendedorismo e o acesso ao financiamento.


. Beneficiários

São considerados beneficiários, do programa Finicia, negócios emergentes de pequena escala com origem em spin-offs académicos, em incubadoras, em centros tecnológicos, em agências de desenvolvimento e em outras entidades ligadas à dinamização e valorização do espírito empreendedor.


. Financiamento

O financiamento dos projectos é feito através da participação da sociedade de capital de risco (SCR) até ao montante de 90% do investimento, partilhando o risco com o Fundo de Sindicação de Capital de Risco (FSCR), nos termos a definir em protocolo, em start-ups que desenvolvam projectos de investimento até 50.000,00 euros, desde que, pelo menos, os restantes 10% sejam assegurados pelos promotores ou por entidades com eles relacionadas. Desta forma, o montante máximo financiado pela SCR é de 45.000,00 euros.

Poderão ser também considerados projectos de investimento até 100.000,00 euros, sendo que o montante máximo de financiamento pela SCR se mantém no 45.000,00 euros. Os promotores deverão, assim assegurar o restante investimento.